Paróquia Nossa Senhora do Amparo - Maricá
Arquidiocese de Niterói presente no Mutirão de Comunicação PDF Imprimir E-mail
Escrito por Deolinda Santos   

 

Na quarta-feira, 15 de julho, com aproximadamente 500 inscritos, o 9° Muticom teve seu tão aguardado início. Desta vez, Vitória está sediando o evento realizado pela sub-regional Espírito Santo da Regional Leste 2. O tema do Muticom 2015 é Ética nas Comunicações.

A Palestra de Abertura ficou a cargo do Padre Gildásio Mendes, uma palestra interativa, em que  toda plateia interagiu de forma positiva. Um dos pontos da Palestra foi a analogia da Ética, na Comunicação, com o Evangelho de Lucas 5, 1-11, na qual afirmou que o código da Ética está no Sermão das Bem-Aventuranças. Nesta palestra, Padre Gilldásio afirmou que somos viajantes em saída; a Igreja tem um novo olhar para os viajantes virtuais e  a Cruz é o seu maior símbolo de comunicação, não havendo necessidade de falar nenhuma palavra, porque o Crucificado expressa toda mensagem necessária a todos.

Na cerimônia de abertura, estavam presentes Dom Darci Nicioli, Presidente da Comissão Episcopal da Comunicação, o Arcebispo de Vitória,  Dom Luiz Mancilha Vilela, ss.cc e demais autoridades.

Na quinta-feira, 16 de julho,  a manhã foi iniciada com a Santa Missa, presidida por Dom Darci Nicioli. Em sua homilia, falou sobre Nossa Senhora do Carmo, e também sobre o Monte Carmelo, onde  Elias derrotou os profetas de Baal, mostrando  ao povo de Israel que o nosso Deus é o Deus verdadeiro.

Na ocasião, Dom Darci agradeceu ao Arcebispo de Vitória, a seu Bispo auxiliar e a toda Província Eclesiástica de Vitória. Também apresentou os Bispos que o auxiliarão na Comissão Episcopal da Comunicação, Dom Devair de Araújo Fonseca e Dom Teodoro Mendes Tavares; os novos assessores, Padre Rafael Vieira da Silva (Redentorista) e Padre Antônio Xavier Batista (Canção Nova). Agradeceu ao Padre Clóvis de Andrade de Melo, que se achava presente, e a Irmã Elide Maria Fogolari, pelo árduo trabalho à frente da Comunicação.

Leia mais...
 
Homenagem ao Padre Ademar PDF Imprimir E-mail
Escrito por Deolinda Santos   

 

Padre Ademar:

Não poderia esquecer a data da sua chegada na Paróquia Nossa Senhora do Amparo. Datas de aniversário natalício, de ordenação diaconal, sacerdotal e episcopal, assim como a data de uma provisão, devem ser lembradas pela doação ao serviço do Reino de Deus.


A sua chegada aconteceu numa noite chuvosa, onde Deus parecia dizer que o terreno estava sendo fecundado com graças para o seu múnus presbiteral.


Por graça de Deus, venho acompanhando a sua caminhada... às vezes de perto, às vezes de longe.


O convite para seguir Jesus, inicialmente foi feito pelo Senhor ressuscitado, em Sabinópolis, cidade das Minas Gerais local de sua residência.


Agradeço a Deus pelo chamado que lhe foi feito e pelo seu sim, pois através do seu consentimento eu também fui resgatado do mundo para as coisas de Deus.


A importância do Padre para os fiéis não pode ser mensurada, pois o ungido representa o elo de ligação entre os homens e Deus. O padre é como um profeta que, além de ter sido ungido, participa em vários momentos da vida do Corpo Místico como instrumento, e isso culmina na celebração eucarística quando, através do Espírito Santo, as duas matérias se tornam Corpo e Sangue do Cristo, Deus e Sumo Sacerdote.


Por isso, ao olhar para o Padre,  percebo a grandeza das palavras proferidas por João Batista, maior profeta nascido de mulher, que disse: “Importa que ele cresça e que eu diminua”. (Jo 3,30); pois tenho a certeza que isso acontece todos os dias com os homens que Deus retirou do meio do povo para se doarem no ministério ordenado, mortificando-se pelos fiéis, esquecendo-se de si mesmo para que a Boa Nova alcance todas as pessoas e abandonando-se na providência divina.

Leia mais...
 
Parabéns Padre Ademar! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Deolinda Santos   

 

um ano atrás recebíamos um novo Pároco, alguns o conhecia outros não.


Estávamos temerosos, como seria esta convivência, como ele trabalharia conosco, pois havíamos passado por vários sofrimentos desde o falecimento de nosso amadíssimo Padre Manoel.


Depois veio Padre José Julio, que perdemos tão repentinamente, então chegou Padre Cássio e Padre Marcos. Pouco tempo Padre Cássio foi designado para outra Paróquia. Enfim ficamos com um Pároco que nos ensinou e nos amou muito como foi o Padre Marcos. Ano passado ele foi designado para outra Paróquia, ficamos tristes com sua saída.


Porém nossos corações ficaram confortados com a chegada de Padre Ademar Ermilindo Pimenta, um Padre com vasta experiência, principalmente diante do ECC e Pastoral Familiar. Um homem santo, um Sacerdote muito sábio, com uma grande bagagem.


Aos poucos Padre Ademar com seu jeito todo peculiar, foi nos conquistando, nos conhecendo, como ele sempre fala “No meu primeiro ano estou conhecendo a Paróquia”. Bem Padre Ademar, este ano passou rapidamente. No dia de sua Posse Canônica foi um dia que nos marcou intensamente, a derrota da Seleção Brasileira para a Seleção Alemã e uma chuva torrencial que alagou toda cidade, mesmo assim, a Paróquia o acolheu com muito amor e Carinho.

Leia mais...
 
Os sete Dons do Espírito Santo PDF Imprimir E-mail
Escrito por Deolinda Santos   

 

 

Somente pela ação do Espírito Santo em nós é que podemos conquistar a santidade. É ele, que desde o Batismo vem habitar em nós para fazer-nos “templos do Deus vivo”; ou, como disse São Pedro, “pedras vivas, vós também vos tornais os materiais deste edifício espiritual, um sacerdócio santo, a oferecer vítimas espirituais agradáveis a Deus, por Cristo” (1Pe 2,5).

O Espírito de Jesus habita em nós para fazer-nos imagens de Jesus, o Homem perfeito, o Santo.

“Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? … Porque o templo de Deus, que sois vós é santo” (1 Cor 3,16). “Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual vos foi dado por Deus? (1 Cor 6,19).

Desde o Batismo o Espírito habita em nós com a Trindade Santíssima e nos os dons de santificação: Sabedoria, Ciência, Entendimento, Conselho, Fortaleza, Piedade e Temor de Deus. A Igreja nos ensina que mediante esses dons o Espírito nos dirige para a santificação, na medida em que a nossa disposição coopera com a graça.

Pelo dom da Sabedoria, o Espírito nos capacita a conhecer a Deus na intimidade e também nos leva a conhecer a Sua vontade. Faz-nos perceber a mão de Deus em nossa vida, guiando os nossos passos.

Pelo Entendimento, ou Inteligência, nos leva a ver as pessoas e o mundo com os olhos de Deus,  e não com a nossa “miopia humana”, que mais enxerga os defeitos e os erros do que as qualidades e as belezas das pessoas e das criaturas. Por esse dom somos levados a querer penetrar os mistérios de Deus e o seu conhecimento. Ainda menino no Mosteiro de Monte Cassino, São Tomás de Aquino surpreendia os monges com essa pergunta: “Quem é Deus”?

O dom da Ciência nos leva a compreender e aceitar os planos de Deus revelados na Sagrada Escritura. Por esse dom muitos santos, embora quase analfabetos, tinham a ciência infusa das coisas de Deus. Santa Bernadete, a quem Nossa Senhora disse: “Eu Sou a Imaculada Conceição”menina ainda, soube com grande ciência e acerto responder as perguntas capciosas que lhe faziam. Santa Catarina de Sena, embora analfabeta, nos deixou riquíssimos ensinamentos de doutrina, a ponto de ser declarada pela Igreja, Doutora, em 1970, pelo Papa Paulo VI.

O dom do Conselho nos faz sábios diante da vida e nos impulsiona a procurar a Deus e a levar os outros a Deus. Dom Bosco, quando ainda menino, fazia mil peripécias para divertir os seus amiguinhos, desde que depois eles rezassem juntos o Terço.

Leia mais...
 
Pentecostes - Novena e Vigília PDF Imprimir E-mail
Escrito por Deolinda Santos   

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 97